Durante o 7o Fórum Mundial da Água que foi realizado nas cidades de Daegu e Gyeongju, Coreia do Sul, Diretores da REBOB Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas marcaram presença com a participação em mesas redondas, debates e discussões sobre a temática da água em nível de planeta, levando fundamentalmente as experiências exitosas implementadas no Brasil.

O presidente da REBOB, também presidente da Rede Internacional de Organismos de Bacias e Governador do Conselho Mundial da Água participou de Sessão relativa ao Processo Regional das Américas onde destacou a relevância do processo de gestão participativa efetiva dos recursos hídricos com ações de informação, capacitação e disseminação de boas práticas. Também participou abrindo a Sessão de Encerramento da RIOB que trata da temática Águas Transfronteiriças onde apontou a necessidade do envolvimento mais objetivo das instituições políticas nesta temática.

REBOB-no-forum-mundial-da-agua3 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O vice presidente da REBOB, Luiz Firmino, também Governador Adjunto do Conselho Mundial da Água, participou dos debates sobre a governança da água para um melhor manejo integrado de bacias em diferentes escalas, onde destacou que o processo de governança deve começar nas micro bacias na escala da propriedade e deve passar pela representação oficial nos Comitês de Bacia onde se acentua a prática da governança e deve em seguida chegar aos Conselhos onde estão os aprimoramentos dos marcos legais, culminando com a governança em nível internacional onde citou o exemplo da REBOB e RIOB articulando em rede a integração das boas praticas como aconteceu no 7o Fórum Mundial da Água.

O Diretor da Região Sul da REBOB, Mauri Pereira, e também Secretario Adjunto da Rede Latino Americana de Organismos de Bacia, participou de duas sessões sobre a gestão das águas transfronteiriças, com enfoque na gestão integrada associada em rios, lagos e aquíferos em nível de bacias transfronteiriças, onde destacou os vários casos dentro do território brasileiro com países vizinhos, os avanços e ações necessárias, comentando ao final a importância de países da América Latina e Caribe que inclui a América Central, de construir uma plataforma para a gestão integrada que pudesse funcionar como um pacto ou guia de boas práticas visando apontar o sucesso desta ação no 8o Fórum Mundial da Água no Brasil em 2018.

REBOB-no-forum-mundial-da-agua2

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas, REBOB, esteve presente no 7o Fórum Mundial da Água com sete Diretores, Lupércio Ziroldo Antônio de São Paulo, Luiz Firmino do Rio de Janeiro, Leonice de Souza Lotufo do Mato Grosso, Jairo da Costa e Silva de São Paulo, Carlos Eduardo Nascimento Alencastre de São Paulo, Luiz Carlos Sousa Silva de Sergipe e Mauri Pereira do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *