REALIZ(AÇÃO)

Na gestão de recursos hídricos, a realização sempre vem junto com a ação,
demonstrando com antecipação, como será o resultado e impacto em toda população.

 

Meus amigos e amigas das águas.

Os dias de hoje nos mostram claramente a necessidade de estarmos plugados desesperadamente na informação, e nesta toada, embarcamos por todos os minutos de nossos dias, em dezenas de olhadas no celular, que nos bombardeiam através das mídias, com todo tipo de notícia, seja de filme, futebol, política, religião e por aí vai.

Junto com a informação acelerada, vem junto a desinformação em forma de fakes, que rebatidos em pirâmide, acabam por contaminar muitas vezes a verdade.

Mas por que estou escrevendo sobre informação numa Revista sobre água?
Simples, porque tantas realizações são diariamente desenvolvidas por muitos de nós, guerreiros e guerreiras das águas, em todo canto do país, porém, aparentemente, pouco se informa sobre isto. É como se divulgar “fakes” sobre política principalmente, fosse mais importante que divulgar muitas ações pelas nossas águas.

A divulgação, em forma de informação clara e efetiva, é extremamente importante no contexto da gestão das águas, porque a replicação de experiências e cases exitosos são um passo extraordinário na ampliação da sustentabilidade de nossas bacias.

Cresce em nosso país os exemplos bem sucedidos de trabalhos de sucesso desenvolvidos em nossos Comitês de Bacia em todo território nacional, demonstrando que é somente com a união de todos em cima de um Projeto de Gestão, que podemos avançar nesta temática.

Neste cenário, as marolas contrárias, vindas em geral das decisões equivocadas advindas do processo político, não devem contagiar a energia e a vontade de todos nós na busca incessante por ações que possibilitem melhoria da qualidade da água assim como de sua disponibilidade para todos os usos.

E neste ponto, nossas realiz(ações) devem ser divulgadas por todos os cantos, usando todas as mídias disponíveis, de tal forma a proliferar esta força que emana de todos nós, repito, guerreiros e guerreiras das águas.

Facebook, vamos colocar ali nossas sugestões, nossas pequenas e grandes ações.
LinkedIn, vamos espalhar conhecimento, projetos e compartilhamento profissional em nossa área. Instagram, vamos mostrar o retrato do resultado de nossas
ações.

Este é o nosso papel.
Realizar e mostrar.
Mostrar e possibilitar que muitos realizem.

Assim, estaremos ampliando informação verdadeira.
Falando de água e inundando o mundo de conhecimento.

 

Lupercio Ziroldo Antonio

Presidente da REBOB e Secretário Técnico
Permanente da Rede Latino Americana de
Organismos de Bacia é também Governador
Honorário do Conselho Mundial da Água